POSTO DE SALVAMENTO

Mobiliário urbano concebido em forma de quilha para interferir minimamente na paisagem da orla carioca, foi criado para atender aos pedestres e banhistas. Do Leme ao Pontal, os postos foram posicionados a uma distância de 500 metros atendendo ao deslocamento criterioso de mobilidade e conforto.

O corpo central do posto contém três níveis:

No nível do passeio público ficam localizados os banheiros feminino e masculino, a ducha, o lava-pés e as escadas laterais com pisos de pranchões de madeira, apoiados apenas em uma viga central.

No segundo nível ou deck superior, destinado ao salva-vidas, fica o espaço com equipamentos de socorro imediato, como maca e oxigênio. Ao final do deck um mastro para bandeira de sinalização, mostra as condições de uso do mar e da praia.

No último nível fica localizado o reservatório de água. E no corpo central, voltado para a praia, foram fixados, ao alto, quatro globos com design exclusivo, que funcionam como autofalantes e refletores, com o objetivo de contribuir com maior proteção para o uso de atividades noturnas.

Para que refletissem a beleza da paisagem do entorno, o projeto original previa o revestimento do corpo central com chapas espelhadas de aço inoxidável buscando uma arquitetura sem presença e minimizando, ainda mais, o volume da construção. Além disso, como forma de preservar as áreas livres para dispersão, o projeto de implantação previa, no seu conjunto, Pontos de Serviços localizados entre Postos, no nível do subsolo.

BERNARDES DOC

Realização: 6D Filmes e Rinoceronte Produções

Direção: Gustavo Gama Rodrigues e Paulo de Barros

Argumento: Thiago Bernardes

Roteiro: Gustavo Gama Rodrigues, Paulo de Barros e Yan Motta

Produção Executiva: Lula Freitas, Diogo Pires Gonçalves e Renata Leite

Fotografia: Stefan Heiss e Paulo de Barros

Produção: Paulica Coelho, Brisa Gonzaga, Marcela Flores, Renata Balthazar, Mariana Abreu e Gabriel Kuhlmann

Pesquisa: Marcio Selem e Kykah Bernardes

Pesquisa Documental: Adriana Caúla e Kikah Bernardes

Co-Produção: GNT

Som Direto: Guilherme Algarve, Carlos Sotto, Luciano Raposo, Vampiro e Thiago Tostes

Trilha Sonora Original: Nando Duarte e Marcelo Caldi

Músicos Convidados: Nicolas Krassik e Bebel Nicole

Tema de Abertura, Casa do Arquiteto e Campanha Para Prefeito: Pedro Bernardes

Câmera Adicional: Lula Cerri e Fabio Serfaty

Edição: Yan Motta

Assistente de Edição: Rodrigo Mantega, Laura Magalhães e Paulo Maurício

Produção de Finalização: Heloisa Lopes

Motion Graphics: Valerycka Rizzo, Claudio Peralta e Liana Lessa

Animação 3D Pavilhão de São Cristovão: Marcio Fontes

Locução no Rio do Futuro: Eloy Decarlo

Edição de Som e Mixagem: Rodrigo Noronha e Denilson Campos

Correção de Cor: Daniel Canela

Assistente Administrativo Financeiro: Carol Freitas

EIXO POLIVALENTE – UMA CIDADE SOBRE A LINHA FÉRREA

Projeto para ocupação do espaço sobre a linha férrea chamado de eixo polivalente que pode conter apartamentos, hortas, escolas, restaurantes, bares e lojas. Sergio integra, nesse projeto, educação, lazer, serviços e transporte.

O espaço ocupado pela malha ferroviária da cidade do Rio de Janeiro, com um total de 3.150.000 m², surgiu para Sergio Bernardes como uma oportunidade de reorganização urbana, especialmente para minorar uma grande dívida do país – o déficit de habitação de caráter social.